Oferta
Foto 1 - Direitos Humanos na França

Direitos Humanos na França

Cód.: 9788582480175
R$59,00
R$ 41,30

Carregando...

Descrição do produto

Autor: Luiz Guilherme Marques
Isbn: 9788582480175
Editora: Letras Jurídicas
Assunto: Humanos
Edição: 1ª Edição
Ano: 2013
Pág: 236
Formato: 16 x 23 Brochura

 

Sinopse

A matéria Direitos Humanos representa o setor mais importante da área jurídica, e, devido mesmo a essa realidade, somente adquiriu foros de cidadania quando a humanidade já tinha vivenciado seis milênios de civilização, ou seja, já se havia desenvolvido uma maturidade intelectual e moral suficiente para as pessoas em geral compreenderem questões essenciais para a dignidade humana, como a igualdade, a liberdade e a fraternidade.

A França pode-se ter certeza disso, foi o berço onde surgiu essa disciplina jurídica, manifestando-se, mesmo que com os desvios naturais da falibilidade humana, na Revolução Francesa, através de vozes possantes como Mirabeau e seus contemporâneos mais eminentes.

Nossa Editora se sente orgulhosa de levar ao conhecimento do público leitor brasileiro, que aprecia a matéria, esta importante pesquisa realizada pelo magistrado mineiro Luiz Guilherme Marques, já tradicional amigo da nossa entidade de divulgação da Cultura, pelos seus outros livros publicados sobre o Direito francês e brasileiro, o qual tem real conhecimento dos temas que aborda, porque, no caso do 'Direitos Humanos na França', pesquisou direto nas fontes francesas e igualmente em julgamentos da Corte Europeia dos Direitos Humanos.

Esta obra está além do nosso tempo, principalmente no nosso país, que ainda ensaia os primeiros passos na concretização dos Direitos Humanos, que, infelizmente, apenas recentemente vem sendo contemplado nos concursos públicos para ingresso na magistratura e ministério público, por exemplo.

O simples fato de ser prefaciado por Reynaldo Ximenes Carneiro, um dos expoentes da magistratura mineira, mostra bem a qualidade do compêndio, que será, na certa, enriquecedor para quem tiver a sorte de compulsar as páginas que se seguem.

Desejamos a todos uma boa leitura e muito proveito com um livro que engrandece a França como a verdadeira pátria dos Direitos Humanos e aponta referenciais para nós, brasileiros, adotarmos na nossa legislação.