Oferta
Foto 1 - Migalhas de Bernardo Guimarães

Migalhas de Bernardo Guimarães

Cód.: 9788561707460
R$25,00
R$ 20,00

Carregando...

Descrição do produto

Autor: Miguel Matos 

Isbn: 9788561707460
Editora: Migalhas
Assunto: Literatura 
Edição:
 1ª Edição
Ano: 2013
Pág: 128
Formato: 11 x 15 Brochura

 

Sinopse:

Algo excepcional aconteceu na modesta São Paulo dos meados do segundo reinado. Ouso dizer que nada até hoje em termos de arte se compara ao choque sofrido pelos moradores da cidade quando souberam o que se dava naquilo que os estudantes da Academia de Direito apresentavam como sendo a Sociedade Epicureia. Com efeito, na recém-criada Faculdade, na provinciana Piratininga, um grupo de acadêmicos de Direito resolveu cultivar a boêmia em rituais inefáveis. Adorando Baco, sorvendo as noites, vivendo a morte, assim a mocidade se reunia em orgias inenarráveis. Á frente deste movimento encontramos três jovens: Aureliano Lessa, Álvares de Azevedo e Bernardo Guimarães. Pela tríade, vê-se que, inspirados em Byron, os estudantes tinham nestes rituais um motivo a mais para fomentar suas produções literárias. São deste tempo, alias, os melhores versos de Azevedo, hauridos na adoração da musa dos prazeres, carregados de ímpar emoção, embebidos no cálice da amargura e da paixão impossível. Tão impossível que ceifou a desditosa vida de Álvares de Azevedo ainda na primavera da existência, aos 20 anos, sem nem conseguir a carta de bacharel. Outro também que não obteve o diploma foi Aureliano Lessa. Dos três epicuristas, portanto, Bernardo Guimarães foi o único que colou grau. É da 20° turma, a de 1851.